Diversos

Fedora on Latinoware 2013

latinoware_oficialLatinoware is a Free Software event that is held annually by Itaipu Technological Park, at Foz do Iguaçu Brazil. This year was held the 10th edition of the event, attended by 4,620 participants from all Brazilian states and 11 countries.

 

 

fedora_ambassadorsThe Fedora Project was represented by 8 Ambassadors, who were: Daniel Bruno, Leonardo Vaz, Eduardo Echeverria (Venezuela), Ramilton Costa, Marcel Ribeiro, Rino Rondan (Argentina), Juan Carlos Lin (Paraguay) and Fernando Cabral, 8 lectures were presented in the official schedule, which were:

Beyond the 4 Fs: What is Fedora effectively doing for Open Source? – Daniel Bruno e Leonardo Vaz
Fedora: Sharing thoughts, experiences and passion – Marcel Dantas
Cloud Computing by OpenShift on Fedora 19 – Fernando Cabral
Openstack, A walkthrough by the Open Source Cloud Computing – Eduardo Echeverria, Luan Cestari, Daniel Bruno e Leonardo Vaz
Fedora Security Lab – Ramilton Costa
Fedora Cloud and Big Data Technologies0 – Daniel Bruno
Fedora Community and Fedora 19/20 – Rino Rondan e Eduardo Echeverria
Joining to Gluster “SuperColony” – Leonardo Vaz

We also have a booth where we delivery hundreds of stickers, live cds, pens and bottons and was also made the installation of Fedora 19 in dozens of notebooks. Another interesting point was the participants’ interest in cloud computing technologies and robotics, where we had the opportunity to present the Icarus project of our Argentinian friend Valentin Basel.

The Fedora Project booth was located between the booth of Red Hat and RDO, it helped for participants who visit us, could interact with the three projects and better understand each other.

Besides the Fedora Ambassadors present, we also have the presence of Diane Mueller, Cloud Evangelist, and Roberto Stainbach, Red hat.

The Latinoware 2013 was a success, with an excellent infrastructure, organization, and a good level of lectures presented. I especially want to thank Silvio Palmieri and Duda Nogueira, for all the support offered, I think we did a good job to reciprocate.

Lightning Talks – FISl 13

O Projeto Fedora está com 5 slots para lightning talks no evento comunitário no FISL 13, que será realizado no dia 26/07 de 11h as 13h na sala 601.

O período de inscrição será até o dia 21/07 as 23:59. A votação das lightning talks será realizada no #fedora-br (Freenode) no dia 22/07 11h (GMT -3).

Cada lightning talk deverá ser apresentada em no máximo 5min, as apresentações selecionadas deverão estar em formato PDF e deverão ser entregues para o coordenador do evento antes do evento comunitário. As perguntas e comentários deverão ser feitos no espaço reservado para discussão.

Para enviar sua proposta preencha o formulário http://goo.gl/zZa6K.

Mais informações sobre o evento comunitário podem ser encontradas em https://fedoraproject.org/wiki/FAD_FISL13.

(Pre) Upgrade Fedora

No dia 29 como todos sabem foi lançado o Fedora 17 Beefy Miracle. Mas ai eu estou usando o Fedora 16 e como faço para usar a nova versão? Se eu tiver muito tempo e quero um pouco de diversão baixo a ISO, faço backup, instalo tudo e começamos tudo do zero. Há alguns anos atrás eu até gostava dessa “aventura” toda, mas acredito que assim como pra mim, atualmente, e para  muitas pessoas tempo é algo que precisamos otimizar, e muito. Para um upgrade tranquilo relativamente rápido e sem muito esforço, o Projeto Fedora tem uma ferramenta muito útil e simples de usar que é o PreUpgrade.

Enquanto o PreUpgrade faz o que deve ser feito para atualizar a versão do seu Fedora, você continua seu trabalho.

Para usar o PreUpgrade a sua partição /boot não pode estar em RAID, veja o bug 500004.

Antes de instalar e utilizar a ferramenta, garanta que seu sistema esteja atualizado:

yum update

Instale a ferramenta:

yum install preupgrade

Inicie o PreUpgrade manualmente na console do seus sistema logado como root:

preupgrade

Agora a ferramenta irá checar os pacotes instalados no sistema, irá baixar os pacotes necessários para fazer o upgrade e em seguida irá solicitar que seja feito o reboot. Após o reboot, no Grub selecione a opção para continuar o upgrade e em seguida continuará o passo final do processo que é a aplicação dos novos pacotes.

Pronto, agora curta o seu sistema atualizado!

Referências:
http://fedoraproject.org/wiki/Features/PreUpgrade
https://fedoraproject.org/wiki/How_to_use_PreUpgrade

Atualização:

Após o upgrade com o preupgrade, é provável que ocorram alguns problemas como kernel panic, e alguns drivers não carregarem, no meu caso foi o driver do dispositivo wireless e o kernel panic ao desligar ou reiniciar.

Para corrigir esse problema você deve primeiro atualizar o kernel, caso isso não tenha sido feito:

yum update kernel* --enablerepo=updates-testing

Se o novo kernel já estiver instalado, o comando acima simplesmente não instalará nada porém o novo kernel não está disponível na lista do grub, para adicioná-lo, execute o comando:

grub2-mkconfig -o /boot/grub2/grub.cfg

Em seguida reinicie o seu sistema, que como ainda está rodando o kernel antigo irá mostrar o kernel panic, mas no próximo boot iniciará com o novo.

Esse problema está documentado nos Bugs: 820351, 826537 e 820340.

Fedora 17 lançado!

Hoje foi lançado o Beefy Miracle, versão 17 do Fedora. O novo lançamento vem com muitas novidades para usuários, desenvolvedores,  administradores de sistemas e features interessantes para Cloud Computing e virtualização.

Para usuários, uma feature em destaque é a possibilidade de utilizar o Gnome Shell sem uma placa com aceleração gráfica.

Relacionado a desenvolvimento, O Beefy Miracle traz o o PHP 5.4, Java 7, Ruby 1.9.3,  GCC 4.7 e o Eclipse Juno.

Na área de virtualização e Cloud Computing foi realizado o upgrade do OpenStack para a versão atual, Essex. Outras novidades interessantes nesse sentido é a implementação do oVirt e do Virtualization Sandbox.

A lista completa das features está disponível em http://fedoraproject.org/wiki/Releases/17/FeatureList

Faça o download da nova versão: http://fedoraproject.org/get-fedora

Amazon Free Software Forum

Palestra FASOL 2.0 Between the days 31/08 and 03/09 was performed in Santarem city, known as “Pearl of the Tapajos River”, the second Amazon Forum of Free Software. The event was held at the facilities of UFOPA University of the West of Pará), with the organization of former students, students, lecturers, and support of students from other local universities.

At the invitation of the organizers, I presented a talk on the Fedora Project and two mini-courses, an introduction to the RPM packaging and other GNU/Linux for dummies. The results obtained with the lecture and mini-courses were satisfactory, was actually quite nice to see an increase in the interest of the participants for Fedora.

After the talk, the penultimate day of the event, I made the distribution of media for approximately 100 participants, and in the next day several installations on notebooks were performed and a laboratory was installed with Fedora 13 :-).

It was really interesting to present the Fedora Project in an region like Santarém, where the interest in free software has grown considerably. At the end we obtain three enthusiasts and a lot of users. I hope that the number of users and contributors will soon grow.

FASOL 2.0 – Fórum Amazônico de Software Livre

Palestra FASOL 2.0Entre os dias 31/08 e 03/09 foi realizado em Santarém, cidade conhecida como “Pérola do Tapajós”, o segundo Fórum Amazônico de Software Livre. O evento foi sediado nas instalações da UFOPA (Universidade Federal do Oeste do Pará), contando com a organização de alunos, ex-alunos e professores da instituição e apoio de alunos de outras universidades locais.

A convite da organização do evento, eu apresentei uma palestra sobre o Projeto Fedora Brasil e dois mini-cursos, um de introdução a empacotamento RPM e outro de GNU/Linux para iniciantes. Os resultados obtidos com a palestra e os mini-cursos foram satisfatórios, realmente foi bastante legal ver o aumento no interesse dos participantes pelo Fedora e por GNU/Linux em geral.

Após a palestra, no penúltimo dia do evento, realizei a distribuição de aproximadamente 100 mídias para os participantes, e no dia seguinte várias instalações em notebooks foram realizadas e um dos laboratórios estava com o Fedora 13 instalado :-).

FASOL 2010 O evento também contou com outros palestrantes de outras regiões do Brasil, como Jansen Sena (Atech – São Paulo), Rommel Sousa (Comunidade SOL e Ministério Publico do Amazonas – Manaus), Prof. Dra. Fátima Conti (UFPA – Belém), Wilken Sanches (Coletivo Digital – São Paulo), Ricardo e Davis Victor (SERPRO – Belém), Pedro Jatobá (iTEIA – Salvador), Leonardo Germani (Hacklab – São Paulo), João Fernando (Revista Espirito Livre – Vitória), Carlo Seixas (Fuctura/Ubuntu – Recife) entre outros.

O resultado final do evento, acredito que tenha sido muito positivo para a consolidação da cultura de software livre na região, o alto nível das palestras apresentadas e a troca de experiências contribuiu bastante para ampliar os horizontes da comunidade local.

Por fim, um agradecimento a coordenação do evento e as pessoas que nos receberam de forma muita afetiva. Espero em breve voltar em Santarém :-).

FUDCon LATAM 2010 – First day

Today started FUDCon LATAM in Santiago de Chile, the event began with a brief presentation by Jared Smith talking about Fedora Project.

Then I watched the lecture by Jayme ayres about inkscape and later the lecture by Igor Soares about Fedora Spins.

After the lecture by Igor, I talk about the Fedora Latam infrastructure.

Tomorrou I will talk about RPM packaging and the RPMDev project with Guillermo (Gomix) from Venezuela.

See ya!

Sete razões para atualizar para o Fedora 13

O Fedora 13 está pronto para ser lançado. Chamado de “Goddard”, o novo release vem com muitas atualização em relação ao Fedora 12 e algumas características novas que realmente vão estimular os usuários GNU/Linux a utiliza-lo.

O foco do Fedora é um pouco diferente do Ubuntu, openSUSE e de algumas outras distribuições GNU/Linux. O projeto é focado em enfatizar a liberdade do software e ser o primeiro em novas funcionalidades. Com isso o Fedora não se torna a distribuição mais “clean” e sim uma das mais inovadoras, tonando assim uma distribuição muito atraente. Se você estiver no Fedora 12, temos sete razões pelas quais você deve estar pensando em atualizar para o Fedora 13 agora ou quando for lançado oficialmente no final deste mês.

Melhorias e inovações

Os usuários Fedora normalmente não gostam de ficar para atrás. Um dos lemas do projeto Fedora é o “inovação”, e isso significa que (em parte) ser rápido para disponibilizar as versões  mais recente dos softwares nas mãos dos usuários em cada lançamento.

A última versão do Fedora vem com o KDE 4.4 e GNOME 2,30 desktops, Firefox 3.6.3, OpenOffice.org 3.2, o kernel Linux 2.6.33, e centenas de outras atualizações de pacotes. Cada uma dessas atualizações upstream traz melhorias que você não vai querer perder.

Melhorias no NetworkManager

Umas das atualizações do Fedora 13 que tem recebido bastante contribuição da comunidade é o NetworkManager. A versão 0.8.1 do NetworkManager, que não está oficialmente lançada ainda, vem com várias atualizações para melhoria de utilização de rede mobile, melhorias de suporte IPv6, e muito mais.

Driver experimental Nouveau para Nvidia

Por muito tempo, os usuários GNU/Linux com placas de vídeo Nvidia tiveram de optar drivers proprietários para as suas placas, ou lidar com o mínimo de recursos do driver de código aberto. Mesmo se você não tiver um problema filosófico com software não-livre, existem muitas razões práticas para preferir um driver open source. Os drivers proprietários da Nvidia podem estar fora de sincronia com as versões mais recentes do kernel.

O driver Nouveau foi trabalhado por um certo tempo para fornecer um substituto completo para os drivers proprietários. Depois de muito trabalho, o driver Nouveau está começando a suportar 3D. É ainda experimental, mas os usuários podem obter o pacote mesa-dri-drivers-experimental para o F13 e começar a usa-lo.

De acordo com Adam Williamson, que funciona razoavelmente em uma placa Nvidia 9400 GT. Mais do que o esperado, na verdade – o suficiente para jogar Quake 3.

Instalação automática do driver de impressora

Ao conectar uma impressora USB ou ligar uma impressora de rede, o Fedora 13 deve procurar automaticamente os pacotes/drivers que você precisa, e oferece para instalá-los. A idéia é que ao ligar uma impressora deve “simplesmente funcionar”, com um mínimo de trabalho.

Sugar

O Fedora é um projeto que está muito preocupado com a educação. Uma das características do Fedora 13, que é de interesse para a comunidade educativa é o Sugar Learning Environment. Se você não está familiarizado com o Sugar, é o ambiente de trabalho que foi desenvolvido pela One Laptop Per Child (OLPC) computadores XO, e também está sendo desenvolvido para outros sistemas. Ele inclui uma interface de usuário especialmente adaptadas para crianças, bem como uma plataforma para actividades de aprendizagem que podem ser usados na educação.

Usando o sistema de rollback com btrfs

Outra característica experimental no Fedora 13, que vale a pena olhar, é o “rollback”  do sistema com o btrfs.

O que há de tão especial sobre btrfs? Ele permite realizar “snapshots” do sistema de arquivos, que podem ser utilizados para a recuperação do sistema.

Novamente, isso é uma característica experimental. Para habilitar o recurso, você tem que quer migrar seu sistema de arquivos de Ext3/Ext4 para btrfs ou passar para o instalador o parâmetro de inicialização (btrfs), senão o brtf não irá aparecer como opção durante a instalação.\

Python debugging e instalações paralelas

Fedora 13 tem duas características muito interessante para os entusiastas de Python.

O primeiro é uma instalação paralela do Python 3, mas muitas das ferramentas utilizadas no Fedora dependem do Python 2. Com esse recurso, permite que os desenvolvedores trabalhem com o Python 3 sem perder as funcionalidades do Python 2.

O Fedora 13 também possui extensões para o depurador gdb, para que ele possa ser usado para depurar bibliotecas Python e scripts para mostrar a utilização do  Python interativamente.

Post original escrito por Joe ‘Zonker’ Brockmeier em linux.com.

Instalando Google Chrome no Fedora 11

O Chrome é o navegador open-source desenvolvido pelo Google, que a principio foi lançado somente para Windows, e atualmente encontra-se na versão beta para Gnu/Linux e Mac OS X.

Recentemente foram liberados pacotes rpm e deb do Chromium, desenvolvido a partir da base do Chrome. Porém o rpm lançado não ficou nenhum um pouco legal, e com base no tarball lançado foi feito um outro rpm que funciona muito bem. Há duas formas para realizar a instalação, baixando direto o rpm ou configurando um repositório não oficial e instalar via YUM.

Instalando utilizando o YUM

Os pacotes estão disponíveis, no endereço http://spot.fedorapeople.org/chromium/ .

Realize o download do V8 e do Chromium.

wget http://spot.fedorapeople.org/chromium/F11/v8-1.2.12-1.20090708svn2391.fc11.i586.rpm
wget http://spot.fedorapeople.org/chromium/F11/chromium-3.0.193.0-0.1.20090708svn20141.fc11.i586.rpm

Faça a instalação dos dois pacotes.

rpm -ivh v8-1.2.12-1.20090708svn2391.fc11.i586.rpm chromium-3.0.193.0-0.1.20090708svn20141.fc11.i586.rpm

Configurando o repositório para instalação pelo YUM

Crie o arquivo chromium.repo em /etc/yum.repos.d

vi /etc/yum.repos.d/chromium.repo

Com a configuração abaixo

[chromium]
name=Chromium Test Packages
baseurl=http://spot.fedorapeople.org/chromium/F$releasever/
enabled=1
gpgcheck=0

Instalando

yum install chromium

Pronto, o yum vai fazer todo o trabalho de resolver as dependências, baixar, instalar e futuramente atualizar.

Esse post foi escrito utilizando o Chromium ;)

Mais informações:
Chromium
Google Chrome